Qual o custo da certificação FSC?

Os custos da certificação FSC variam conforme a escala do empreendimento. Existem dois tipos de custos previstos: os custos diretamente relacionados com o processo de avaliação, licenciamento e monitoramento do uso do selo (custos diretos); e os custos relacionados às ações necessárias para atender as normas da certificação (custos indiretos).  Exemplos:

Custos diretos da certificação:

  • os custos das auditorias de campo (pré-avaliação e avaliação completa), que variam em relação à localização, acesso às unidades, perfil sócio-econômico da operação, etc;
  • custos do monitoramento anual;
  • taxa anual de certificação, variável de acordo com o tamanho do empreendimento.

Custos indiretos da certificação:

  • No manejo florestal, por exemplo, pode ser necessário aumentar os gastos com pessoal, consultorias externas, treinamento, inventários, monitoramento da floresta, planejamento, ou mudanças no método do cultivo;
  • Na cadeia de custódia, pode haver gastos com contratação de consultoria externa, com a separação dos produtos certificados dos não-certificados e capacitação do pessoal para se adequar às normas de cadeia de custódia.

Além disso, a certificação exige o cumprimento das leis nacionais vigentes, o pagamento de impostos, regularização da situação funcional dos trabalhadores, atendimento a requisitos de saúde e segurança ocupacional, dentre outros requisitos da legislação.  Assim, esses ajustes, quando inexistentes, também farão parte dos custos indiretos da certificação.

A Rama Global Consultoria auxilia sua empresa em todas as etapas necessárias para a implantação e a manutenção da certificação FSC. Consulte-nos e solicite seu orçamento.